Quarenta anos de história em exposição de fotos e objetos no centro de Sinop-MT

A mais antiga instituição de saúde privada de Sinop em atividade comemora quatro décadas de crescimento e conta sua história em uma exposição de fotografias.

O Hospital e Maternidade Dois Pinheiros, completa no dia trinta de novembro, 40 anos de atendimento. A instituição apresenta fotos e objetos na exposição "40 anos" no Espaço Cultural Dois Pinheiros, no hall de entrada que fica na Avenida Tarumãs, região central de Sinop MT.

A exposição é aberta ao público das 8h da manhã às 18h.  É possível acompanhar a história com textos de apoio, sob cada foto. Escolas, outras instituições e público em geral são convidados a visitar, fotografar e tirar dúvidas sobre o tema que envolve mais do que o Dois Pinheiros, uma história que se confunde com os 46 anos de Sinop, fundada em 1974.

Nossa História

O terreno para a construção é uma doação do colonizador Ênio Pipino, sócio da empresa responsável pela construção das cidades de Sinop, Carmem, Cláudia e Vera em MT e outras cinco cidades no estado do Paraná. O Dois Pinheiros foi o primeiro de Sinop a atender pelo antigo Instituto Nacional de Previdência Social (INAMPS) em 1981, atual Sistema Único de Saúde (SUS).

No começo eram realizados 3.600 atendimentos anuais. Segundo o Doutor Douglas Yanai, sócio e diretor técnico do empreendimento, atualmente, por ano, são atendidas cerca de 140.000 pessoas em clínica médica, clínica cirúrgica, maternidade, centro de diagnóstico por imagem, sala de vacinas, ambulatório, banco de sangue, internamento e unidade de terapia intensiva.

"Já fizemos mais de 22 mil partos no Hospital e Maternidade Dois Pinheiros. É uma parte considerável de 'filhos' que temos em uma cidade com 115 mil habitantes. São coisas como essas que nos enchem de orgulho e que nos dão motivação para melhorarmos sempre", destaca Yanai.

O hospital Dois Pinheiros é considerado o mais antigo em atividade. Foi a primeira construção da avenida dos Tarumãs, no final da década de 70.

Um dos homens que se preocupa em preservar e catalogar a história de Sinop, professor, historiador e atual gestor do Museu de Sinop, Luiz Erardi, destaca o pioneirismo do Dois Pinheiros.

"É o único hospital instalado na cidade que ainda está na ativa, com o mesmo nome, mesmo local e com o passar dos anos foi assumindo uma posição de participação ativa na vida das pessoas. Ele evoluiu junto com Sinop" destaca o historiador.

O Doutor Jorge Yanai, um dos fundadores do Dois Pinheiros, conta que não se incomodava com as dificuldades em construir um hospital em uma área pouco habitada. Enxergava o futuro e esperava o desenvolvimento do município.

"Parece que foi ontem, mas estou me reportando a 1979 quando vim a Sinop para conhecer, buscar novos horizontes, depois de uma carreira consolidada no sul do país. Naquele momento eu queria mais. Acho que deu certo, tive um grande sócio, Dr. Astrogildo de Oliveira e hoje tenho mais dois sócios competentes: meu filho Douglas e a nora Anna Letícia. Claro, não somos os únicos. Temos colegas médicos parceiros, uma equipe que eu não chamo de funcionários ou empregados mas de time, de família", destaca o pioneiro.

O Espaço Cultural Dois Pinheiros

O Espaço Cultural Dois Pinheiros nasceu da vontade de estender novas possibilidades ligadas a arte e a cultura para os quase 1.000 frequentadores que passam pelo local diariamente.

Além da própria história, está aberto a outras propostas. O espaço já recebeu exposições da artista plástica Mari Bueno e da fotógrafa Celita Schneider. Artistas, fotógrafos amadores e profissionais, entre outros podem entrar em de contato para expor pelo (66) 3515-9852.

 

Fonte: Nara Vendrame - BW Comunicação em atendimento ao Espaço Cultural Dois Pinheiros