Prefeitura, universidade e colaboradores criam canais para comunicação direta com a população

Já estão em funcionamento dois novos canais de comunicação direta com a população de Sinop para esclarecimento de dúvidas relacionadas ao coronavírus. A partir de iniciativa de médicos, professores e alunos da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), com o apoio do Hospital Dois Pinheiros, MB Propaganda e Black & White Comunicação, os canais foram criados para atender diferentes públicos e atuar como uma espécie de triagem de possíveis pacientes acometidos pelo vírus.

Conforme explica o médico Douglas Yanai, além de sanar dúvidas, os canais também servirão para que os atendentes façam o encaminhamento de quem, por ventura, apresente sintomas da doença. São cinco números de telefone para ligações e um para contato via mensagem, pelo aplicativo WhatsApp. “Os telefones são como um call center mesmo. Quem tiver dúvidas ou quiser informações oficiais sobre o quadro do Covid-19 em Sinop pode obter em uma simples ligação. Já o número de WhatsApp, além de sanar dúvidas, também será um replicador de conteúdo informativo. Por exemplo, vamos encaminhar arquivos, produtos de comunicação informando sobre a lavagem correta das mãos, a diferença entre o isolamento social e o doméstico, assim por diante”, explicou Yanai. O canal do WhatsApp também poderá auxiliar no preenchimento das notificações de casos suspeitos junto ao ministério da saúde. 

Conforme o médico, outro objetivo é combater a disseminação de Fake News a respeito da doença, além de informar às unidades de saúde, sejam públicas ou privadas, quando um possível paciente estiver a caminho. “As recomendações serão conforme a situação de cada pessoa que entrar em contato. Caso haja necessidade de atendimento médico, iremos fazer o melhor encaminhamento e informar a unidade de saúde também, seguindo os protocolos das autoridades governamentais para que cada caso suspeito possa ser recebido da melhor forma pelos serviços de saúde. Será um canal direto com a população e com as unidades de saúde”, reforçou.

Em ambos canais de comunicação, os atendentes são alunos do curso de medicina de Sinop, sempre supervisionados por médicos, professores ou atuantes na rede de saúde do município. Outra ação desses serviços será de prestar atendimento para tranquilizar as pessoas, através da informação e da possibilidade de interagir com o atendente. “A situação atual é inédita para todos e muito preocupante, pois não envolve apenas a saúde, mas também impacta em questões econômicas. É importante que mantenhamos a calma, não entremos em pânico. Por isso, muitas vezes uma simples conversa falada ou digitada pode trazer conforto à pessoa que está assustada”, salientou.

Os telefones para este atendimento são:
 
Fixos: funcionamento de segunda-feira a sexta-feira, das 7h às 17h
• 66 3533 3250 
• 66 3533 3251
• 66 3533 3252
• 66 3533 3253
• 66 3533 3254
 
WhatsApp: funcionamento de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h
• 66 9202-1192

FOTOS Clique na foto para abrir