História

Quatro décadas transformando vidas
Em 1979 a avenida dos Tarumãs era o limite de Sinop. Dela em direção a Cuiabá só se via mato. Em direção ao centro da cidade tinham algumas casas em meio ao barro nas ruas inacabadas. Foi na esquina da avenida com a rua das Orquídeas que os médicos Jorge Yanai e Astrogildo Oliveira decidiram construir o Hospital e Maternidade Dois Pinheiros, que hoje é referência para a região Norte de Mato Grosso. Jorge Yanai conta que não via dificuldades em construir um hospital em uma área ainda desabitada. Enxergava o futuro e esperava o desenvolvimento da cidade. “Quando conheci Sinop vi um potencial enorme e decidi investir aqui. Só que a cidade estava em formação e tive que usar um estratagema para convencer minha esposa vir. Peguei uma foto de Campo Grande e disse que era Sinop. Ela gostou e veio. Levou um susto, mas não se arrependeu”, lembra bem humorado. Outra história real que parece anedótica foi em relação à doaçã...

Artigos Ver todos

Outubro Rosa - Palestra sobre o câncer de mama

Espaço Cultural Dois Pinheiros apresenta Exposição África Abantu

Curso de Gestantes do Hospital Dois Pinheiros realiza 1ª Jornada de Aleitamento Materno em agosto

Bombeiros de Sinop vão ter exames oftalmológicos gratuitos

Palavra do Diretor

40 anos do Hospital e Maternidade Dois Pinheiros!
Divido hoje com vocês a minha alegria em acompanhar o desenvolvimento de uma campanha dos 40 anos do Hospital e Maternidade Dois Pinheiros que vai ser lançada em breve. O pessoal aqui tá se mexendo para isso e eu quase não me dei conta do quão rápido o tempo passou. Parece que foi ontem mas estou me reportando a 1979 quando vim a Sinop para conhecer, buscar novos horizontes, depois de uma carreira consolidada no sul do país. Naquele momento eu queria mais. Acho que deu certo, tive um grande sócio, Dr Astrogildo e hoje tenho mais dois sócios competentes: meu filho Douglas e a nora Anna Letícia. Claro, não somos os únicos. Temos colegas médicos parceiros, uma equipe que eu não chamo de funcionários ou empregados mas de time, de família. É bem esse o conceito que temos aqui, de grupo, numa instituição privada que a garotada nem chama só de hospital e maternidade como lá no começo, mas de complexo de saúde, já que contamos com clínica de imagem, medicina nuclear e tantas outras inovações com as quais sonhamos um dia e hoje são realidade. Eu, claro, me lembro aqui da minha sala, no terceiro piso do prédio onde um dia fizemos uma construção simples, na última rua da cidade, onde na temporada de chuvas eu cheguei a receber pessoas vindo a pé no meio da lama porque os carros não davam conta de andar. Hoje, quase falta lugar para estacionar. Que mudança! O que não muda é meu j...

Eventos Ver todos